História da rádio

O sonho de criar a rádio surgiu com Irineu dos Santos Lopes. No início da década de 1980 não existia nenhuma emissora de rádio em Ribeirão do Pinhal e nos municípios próximos (Abatiá, Jundiaí do Sul, Nova Fátima), então Irineu idealizou criar a "Caçula do Norte". Ele viajou diversas vezes para Brasília na busca da concessão da rádio sem sucesso, até que conheceu o deputado federal Santinho Vitral dos Santos Furtado o "Santinho Furtado" que o ajudou a conseguir a concessão. De acordo com o site da empresa foi através do Edital nº 220,18 de julho de 1988, Diário Oficial da União, aprovado pelo Ministro do Estado das Comunicações Antônio Carlos Magalhães. Após a concessão, os primeiros passos foram dados, mas a dificuldade era grande, para requerer os equipamentos, transmissor que foi adquirida através do DENTEL (órgão Fiscalizador de Emissora), juntamente da antiga Rádio Marajoara, e a antena que também era dela, da filial de ibiporã. Depois disso era preciso a liberação do DENTEL(Orgão de fiscalização), para o prefixo da Rádio. Nasceu o prefixo ZYJ 361 AM, e dessa forma nasceu a Rádio Serpin. A documentação estava em ordem, mas agora a família serpin lutava pelo primordial, colocá-la NO AR. O nome da rádio foi inspirado no nome da empresa da família "Serpin – Serralheria Pinhalense". O nome Serpin ganhou tanta força que tornou-se sinônimo da família Lopes em Ribeirão do Pinhal e região. No dia 10 de maio de 1990, aconteceu uma reunião entre os irmãos "Serpin", nessa reunião foi decidido que era preciso Instalar os Radias no chão, isso significa 16 KM de cobre para propagação da amplitude do sinal da Rádio, ocasião na qual Luiz Carlos e Irineu cavaram com sua próprias mãos e ferramentas a Grade Roma, local onde seria instalada a torre chamada Radial. A Rádio Serpin deu seus primeiros passos, começou a caminhar, mas as dificuldades persistiam. Fundar uma rádio não é fácil, tão pouco é pra qualquer um. Os equipamentos compulsórios, mesa, gravador de censura, processador de áudio, processador de voz, microfones profissionais, que posteriormente formariam o estúdio, representam a maior dificuldade na ocasião, por apresentarem custos elevados e os recursos serem poucos. Já não fossem suficientes as dificuldades enfrentadas o Órgão Fiscalizador (DENTEL) exigia o pagamento de uma Taxa de 70 milhões de cruzeiros, 100 mil reais nos dias atuais. E nessa incansável luta o deputado Santinho Furtado, que anteriormente havia acompanhado o Sr. Irineu á Brasília e Curitiba colaborando no processo de autenticação da Rádio Serpin. Já com a concessão autorizada e a taxa paga a rádio foi ao ar, por caráter experimental, no dia 1º de Março de 1990. E assim, no dia 21 de Abril de 1990 a emissora foi fundada em caráter definitivo. A Rádio Cultura Serpin, foi inaugurada no dia 21 de abril de 1990, na Avenida Silveira Pinto s/n, onde várias autoridades da cidade e região se fizeram presentes. Os Locutores contratados na época, Daniel Ribeiro, Henrique de Oliveira, Nhô Rizada e Netinho. A inauguração foi um ato simbólico, um momento que marcou a cultura de Ribeirão do Pinhal, nascia o patrimônio da cidade.

Copyright © 2012.Todos direitos reservados.
Rádio Cultura - 1560 Khz AM - Ribeirão do Pinhal-PR
Telefone:(43)3551-1438 - (43)3551-1651

Criação Planeta Digital - Cyber & Lan